voltar para o blog

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Já pensou em se exercitar pela paz?

Paz é algo que não se compra. Só é possível ter paz se cultivarmos virtudes e hábitos que permitam o florescer dessa satisfação que é estar em paz. Será que podemos transformar o momento de praticar exercícios físicos numa oportunidade de cultivar a paz??? Para algumas pessoas o exercício desperta preocupações, neuras, anseios irreais, cobrança, alívio por ter compensado calorias… esse tipo de atitude pode transformar o exercício num momento aflitivo e obrigatório. Porém, o exercício também pode ser um momento de cultivar a paz. Prova disso, é só olhar a história. Se estudarmos a origem das práticas corporais que foram base para a criação das Olimpíadas, por exemplo, podemos observar que para se movimentar e acompanhar seus esportistas, os países até cessavam guerras. Esse é um papel social do esporte. Existem muitos exemplos de mobilizações pela paz e ideais humanitários que utilizam práticas esportivas como instrumento de transformação. Alguns deles: Olimpíadas Solidária, Right to play, Play for peace, Kicking Aids Out e Peace and Sport. Outro exemplo são as caminhadas e corridas pela paz que são bem comuns também, como forma de expressar essa intenção. No Brasil, muitos profissionais de Educação Física que atuam em comunidades ou escolas localizadas em regiões menos favorecidas, trabalham com essa intenção de promover a paz e valores humanos nos seus alunos. Muitos objetivos são conquistados concretamente como melhorar a aptidão física, as habilidades motoras e vários aspectos psicológicos como autoestima, autoconfiança e perseverança. Essas variáveis possuem instrumentos científicos que quantificam claramente as mudanças ao longo do tempo. Porém, a intenção é algo que caminha junto, às vezes de forma oculta, ao lado dos objetivos e que, muitas vezes, está apenas dentro do coração dos profissionais que trabalham com esse propósito.

Inspirado nessa intenção, antes de fazer pelo outro, é importante fazer por nós mesmos. Experimente levar essa intenção de conquistar paz no seu exercício físico, na sua prática esportiva, ou ainda que seja na sua caminhada. Busque sua paz interior. E assim você será capaz de espalhar uma essência de paz aonde estiver. Descubra o seu exercício intuitivo e dissemine a paz a partir do seu estado de espírito.

Paula Costa Teixeira

#exerciciointuitivo reverencia todos os profissionais que atuam e prol da paz!

Tags:, ,