Punição por comer?

Nos transtornos alimentares, o exercício físico se torna uma prática compensatória, excessiva e/ou compulsiva. Ao invés de trazer saúde, o exercício atua como um fator mantenedor da doença. A entrevistada é a profissional de educação física Paula Costa Teixeira, Doutora em Neurociências pela USP.